- Publicidade -

A INTZ voltou a sorrir no último fim de semana. Na partida do domingo (8), os intrépidos contaram com a estreia de Hauz e venceram a KaBuM no confronto direto para fugir da lanterna do 1º split do CBLoL 2020.

Após a partida, o Mais Esports conversou com o mid-laner estreante, que substituiu Envy, e falamos justamente sobre a pressão da estreia e da partida, o pick de Tristana Mid e a conversa com a Mayumi. Vale lembrar que Hauz foi inscrito no lugar da suporte, que agora se encontra fora da lista da organização no CBLoL.

Num primeiro momento, o mid laner admite que estava um pouco nervoso, mas que logo passou no decorrer da partida. “A partir dos dez minutos já comecei a pensar no nosso, o que temos que fazer para vencer, aí sumiu o nervosismo e conseguimos fazer nosso trabalho.”

Certamente a torcida da INTZ lembra bem do grande lance de Envy com sua Tristana Mid, em partida contra a KaBuM que rendeu até um espaço no Prêmio CBLoL de Melhor Jogada da temporada de 2019. Entretanto, quem utilizou a campeã nesta posição foi Hauz.

Em poucas palavras, o estreante explicou o motivo do pick. “O time precisava de um mid AD e tinha na minha pool, era bom para o time em geral. Optei pelo Canhão Fumegante, com Espada do Rei Destruído, depois segui a build normal com Gume e velocidade de ataque.”

No anúncio de que Hauz havia sido inscrito no CBLoL, as redes sociais foram tomadas por discussões acerca da suporte Mayumi, que foi retirada da lista para a entrada do mid-laner. Quanto a isso, Hauz tratou de pôr panos quentes no assunto, contando que a jogadora ficou tranquila com a decisão.

Hauz estreou com vitória pela INTZ no CBLoL 2020 (Foto: Riot Games)

“Eu também passei por isso. Não fui tirado da lista, mas tive que esperar bastante, depois entrar num time do Circuito [Desafiante] e aparecer. Ela tem muito potencial, com certeza ela vai aparecer em outro time ou até na INTZ. Eu e ela temos uma amizade saudável, foi bem tranquilo.”

Sobre a substituição, que o colocou no lugar de Envy, Hauz explica que a ideia era dar novos ares à equipe, que não vinha de bom momento no CBLoL. O jogador também conta que estava desempenhando melhor nos treinos do que o até então titular.

Com a vitória sobre a KaBuM, os intrépidos deixam a lanterna isolada da competição e estão empatados com os Ninjas, com três vitórias e sete derrotas cada. O CBLoL 2020 chega na sua metade e as equipes correm para atingirem seus objetivos, seja fugir do rebaixamento direto ou da Série de Promoção, seja a classificação aos playoffs.

O CBLoL retorna na próxima semana com mais duas rodadas. A INTZ segue na busca por uma posição mais confortável e irá enfrentar a Vivo Keyd no sábado (14) e a PRG no domingo (15).

Você confere a cobertura completa do CBLoL aqui no Mais Esports.

Veja também: Por conta do coronavírus, LEC não terá torcida e Origen jogará próxima rodada online