LoL: Jovirone é o novo streamer da Fnatic

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
August 20, 2020

Há algumas semanas, o streamer Jovirone pegou todos de surpresa ao anunciar que já estava na Europa para realizar um bootcamp nas filas ranqueadas da região. No entanto, isso era apenas parte de uma novidade maior que aconteceu nessa quinta (20). A Fnatic, uma das maiores organizações da Europa, anunciou o brasileiro como seu mais novo streamer.

“Dar as boas vindas para o Jovirone dentro da comunidade da Fnatic é uma declaração das nossas intenções. Estamos profundamente empenhados em dar vida à nossa estratégia para os talentos, e uma parte fundamental deste processo é contratar talentos únicos, ambiciosos e que priorizam o desempenho como o Jovirone, que podemos ajudar a aprimorar, elevando e ampliando seu nível. Ele é um dos maiores streamers em um mercado altamente competitivo, e temos o orgulho de anunciá-lo como parte do nosso time preto e laranja”, comentou Soraya Sobh, líder de talentos da Fnatic.

Jovirone não é o primeiro brasileiro a ser streamer de LoL para uma organização de fora. Em 2019 Jukes foi contratado pela Cloud9 e chegou a ficar alguns meses nos Estados Unidos jogando pela liga academy da região. A C9 Academy conseguiu terminar a fase regular do torneio na 1° colocação com 15 vitórias e apenas 3 derrotas.

É válido lembrar que esse bootcamp faz parte dos planos do jogador para entrar no competitivo em 2021.

“Estou ansioso por esta nova fase, e pensar que cheguei a uma das organizações que eu mais admirava, é como realizar um sonho fazendo o que sempre quis, jogando com os melhores. Vou aproveitar ao máximo este momento, fazendo deste período em Londres, um bootcamp com todo suporte de uma grande organização como a Fnatic, aprimorando minhas habilidades para estar cada vez mais preparado para voltar a jogar competitivamente como prometi”

Em entrevista ao Globo Esporte, Jovirone comentou que ficará na Europa até o dia 20 de setembro. Ele planeja ser streamer da Fnatic até o fim de 2020 e, em 2021, já iniciar sua carreira como jogador profissional no Brasil. O jogador ressaltou que tem “acesso total” aos jogadores e staff da Fnatic, e ressaltou a sua vontade de representar a organização competitivamente.

Veja também: Integrante do grupo Exo se torna acionista de time da LCK