LoL: Jovirone reproduz fala transfóbica e pede desculpas: “Fui infeliz e preconceituoso”

League of Legends
De:Victor Hugo Porto-
December 8, 2020

Durante stream, Jovirone fez comentários transfóbicos ao tentar explicar a função de um dos novos itens do League of Legends. O trecho da transmissão viralizou, e a comunidade criticou o streamer. Horas depois, Jovirone se pronunciou nas redes sociais.

Antes de começar o comentário, Jovirone reconhece a gravidade da fala ao dizer “posso até ser cancelado”, mas o “Eclipse [nome do item] é como um traveco gostosão” e continua: “O traveco te engana. Ele vai te enganar. Aí você me pergunta “cara, como assim? Por que essa pergunta Jovi?”. Oh, vamos lá. De longe você olha, vê uma mina, essa aí tá naquela pegada monstra, você chega perto, olha para a calça, um volume maior que o seu, gogó do cara, só falta falar e aí?”, disse o streamer ao engrossar a voz.

Nas redes sociais, a comunidade cobrou diversas empresas que são representadas por Jovirone como a Fnatic e a loja eletrônica KaBuM!. Em um trecho da transmissão desta terça-feira (8), Jovirone diz que “não está nem aí” por ser chamado de transfóbico. “Olha a viagem dos caras”, continua.

Posteriormente, o streamer se desculpou nas redes sociais.

“No momento do clipe, pra mim, estava tudo tranquilo. Assisti pela segunda vez, ainda estava de boa, porém depois me coloquei no lugar das outras pessoas e vi que sim, fui simplesmente infeliz e preconceituoso por algo que já está enraizado há tantos anos. Primeiramente, desculpas à comunidade LGBTQ+. O meu foco é divertir e acrescentar coisas boas na vida das pessoas, não enraizar ainda mais o preconceito e o ódio”.

“Quero aprender e me conscientizar sobre os meus atos e o porquê que não é legal fazer esse tipo de comentário. Gostaria de conversar com alguém da comunidade LGBTQ+ em live, para entender todos os erros cometidos com esse comentário e trazer uma conscientização tanto para mim quanto para meu público. Se alguém se disponibilizar a conversar, numa boa, uma conversa franca, pode escrever aqui que eu vou filtrar e a gente entra em contato para trocar essa ideia”, finalizou.

A Fnatic respondeu a solicitação do Mais Esports e comentou o caso. Veja a nota na íntegra.

“Jovirone refletiu sobre suas ações e pediu desculpas publicamente no Twitter. É importante que ele entenda sua influência e a poderosa responsabilidade que tem quando se é um criador. Fnatic tem o compromisso de aumentar a diversidade nos Esports e auxiliar qualquer criador que use sua plataforma para juntar as pessoas. A companhia acredita que jogar é sobre comunidade e pertencimento, e não há espaço para ódio ou divisão de qualquer tipo”.

A Twitch não respondeu a solicitação até o momento.

Jovirone - Fnatic
Anúncio de Jovirone na Fnatic, em agosto de 2020 (Foto: Divulgação/Fnatic)