×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

LoL: Líder de operações da LEC explica algumas regras para que o torneio aconteça online

League of Legends

A pandemia do coronavírus está prejudicando vários eventos no mundo todo, incluindo os campeonatos de esports. Por sorte, esses possuem a alternativa de acontecerem de forma online, como é o caso da LEC, liga europeia de LoL.

No entanto, para que isso aconteça várias regras precisam ser implementada e seguidas a risca, conforme detalhou o Maximilian Peter, líder de operações da LEC. Ele publicou uma thread em seu Twitter explicando algumas das exigências que precisam ser cumpridas no campeonato europeu para que as partidas aconteçam sem problemas.

Todas as equipes precisam ter câmeras instaladas em seus centros de treinamento, para que os juízes da Riot consigam acompanhar da mesma forma que é feito presencialmente, assim eles podem dar o parecer final sobre eventuais bugs ou necessidade do uso da função de voltar a partida, o Cronoquebra. Esses juízes também têm acesso aos áudios de comunicação dos jogadores.

Por falar em Cronoquebra, o rioter também disse que a empresa descobriu uma forma de pausar o jogo e “salvá-lo” em seu estado atual para que possam retomar depois, recurso que pode ser usado em caso de problemas maiores como internet ou falta de energia.

Após os Picks e Bans, ninguém pode ficar na sala de jogos a não ser os próprios jogadores. Os times também precisam ter computadores e periféricos reservas para eventuais problemas. A Riot implementou medidas de seguranças adicionais para que os servidores não sofram ataques DDoS, que são ataques que sobrecarregam sites ou servidores de requisições, os fazendo cair ou ficarem com muito lag.

Para garantir que nenhuma equipe se beneficie pela transmissão, essa é atrasada em relação ao tempo real do jogo. Sempre que os jogos acabam, a Riot faz verificações de forma remota em todos os computadores usados pelos times para garantir que nada foi adulterado.

Para finalizar, Maximilian falou sobre o ping que as equipes enfrentam ao jogar de suas bases. De acordo com ele, esse ping varia um pouco, mas em todos os casos é um valor que está em um limite aceitável para que os jogos aconteçam, mesmo no caso dos jogos da Origen, já que a equipe se encontra em Copenhague e não em Berlim, como os outros times.

A LEC já teve a sua primeira semana jogada de forma online finalizada com sucesso. Você pode conferir a cobertura do campeonato aqui no Mais Esports.

Veja também: Doublelift é o primeiro jogador a alcançar 1500 abates na LCS

Bruno Rodrigues

por Bruno Rodrigues

Publicado em 22 de março de 2020 • Editado há 4 anos

Matérias Relacionadas
League of Legends
Resposta LoLdle hoje – 26 de maio: veja todas as soluções do dia
League of Legends

Resposta LoLdle hoje – 26 de maio: veja todas as soluções do dia

Confira a resposta LoLdle hoje, dia 26 de maio. O mini-game de LoL traz diversos desafios de adivinhação do League of Legends.

Há 12 horas
League of Legends
Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split
League of Legends

Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split

E o segundo título seguido da paiN Gaming na Ignis Cup, e os dois foram em cima do mesmo time! Veja mais.

Há 23 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ
League of Legends

CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ

A INTZ seguiria sob uma nova direção a parir do segundo split do CBLOL 2024: Lucas Simon, co fundador da organização, deixou o cargo de CEO.

Há 1 dia
League of Legends
LCS 2024: Zven é o novo ADC da Dignitas para o segundo split
League of Legends

LCS 2024: Zven é o novo ADC da Dignitas para o segundo split

O jogador Zven voltou da pausa que deu em sua carreira e será o novo ADC da Dignitas para a LCS 2024 2° split. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (24).

Há 2 dias
League of Legends
CBLOL 2024: No 2° split, a Liberty não fará mais scrims
League of Legends

CBLOL 2024: No 2° split, a Liberty não fará mais scrims

Em entrevista exclusiva ao Mais Esports, Samuel, CEO da Liberty, falou sobre a adoção deste do novo modelo de treinos sem scrims da organização.

Há 2 dias
League of Legends
LoL: Um dos primeiros jogadores da LCS, Zuna morre aos 33 anos
League of Legends

LoL: Um dos primeiros jogadores da LCS, Zuna morre aos 33 anos

Há 2 dias

















































Campeonatos Atuais