- Publicidade -

O mid-laner sul coreano Heo “PawN” Won-seok anunciou sua aposentadoria do cenário competitivo de League of Legends. O motivo para sua decisão é sua atual condição psicológica, pois o jogador tem a Neurose Obsessiva Compulsiva, o que o trabalhava nos momentos antes das partidas.

Segundo o site Fomos, PawN quase não conseguia jogar partidas em 2018 por conta deste problema. Ainda no ano passado, ele freqüentou uma clínica psiquiátrica, mas não obteve progresso. Com a KingZone Dragon X, já em 2019, ele fez uma última tentativa para tentar ir ao Mundial, mas enfrentou o mesmo problema durante o 2º split da LCK.

“Pensei em me aposentar porque não podia trabalhar mesmo depois de ir a aconselhamento psicológico e hospitais psiquiátricos”, declarou. PawN ainda afirma que lamenta muito por seus colegas de time e fãs, e declara que não sabe se poderá voltar a jogar profissionalmente.

Em maio deste ano, a KZ já havia anunciado que ele faria uma pausa na carreira para tratar de sua saúde.

PawN
PawN já vinha sofrendo recorrentemente com a neurose obsessiva compulsiva (Foto: Daily Esports)

O mid-laner estreou no competitivo em 2013, jogando pela MiG Blitz. Entre o fim de 2013 e a temporada de 2014, ele migrou entre a Samsung Blue e Samsung White, até que se transferiu para a EDG onde ficou até 2016.

Após o mundial daquele ano até 2018, PawN defendeu as cores da KT Rolster. Porém, ele não disputou o Mundial daquele ano, sendo substituído por Ucal.

A última partida competitiva de sua carreira foi nos playoffs do 1º split da LCK 2019, quando a KingZone enfrentou a SKT e perdeu por 3×0.