MSI 2021: “Foi um time inferior no Rift”, comenta Kami sobre a paiN

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
May 10, 2021

A jornada do Brasil no MSI 2021 terminou nesta segunda-feira (10) após a desclassificação da paiN Gaming. A equipe brasileira saiu do torneio na terceira colocação do grupo B, e em uma transmissão o ex-mid laner e atual streamer da paiN, Kami, disse que o time foi “inferior no Rift”.

Kami estava participando da stream do Baiano, junto com o Esa (ex-suporte da paiN) e Jukes, atual streamer da paiN.

“Eu concordo que o nosso draft foi desatualizado, mas ainda acho que fomos um time inferior no Rift. Os jogos que ganhamos ou que estávamos na frente foi quando alguém jogou muito melhor que o outro cara na lane, mas quando juntava o esforço coletivo do time não estava bom, só tomamos porrada”, comentou Kami.

LoL Kami
Kami jogou a sua carreira toda pela paiN Gaming, mas se aposentou em 2018. (Foto: Divulgação/CBLOL)

O ex-jogador profissional ainda complementou dizendo sobre as decisões ruins da paiN, enquanto Jukes ressaltou que as “teamfights” dos brasileiros aqui no Brasil são boas, mas lá fora os times são melhores.

“O que a paiN fazia muito no Brasil e dava certo era o Robo chegar de um lado e o Tinowns do outro, no flanco. Aqui aquilo daria muito certo, a paiN daria Ace, mas contra esses caras não funciona. Os caras foram melhores, não tem como”, afirmou Baiano.

Os quatro participantes da transmissão ainda comentaram que a paiN estava desatualizada no Draft, e que ela estava “draftando para a final do CBLOL”, conforme cita o Kami. Baiano ainda ressaltou que “tem que pegar os bonecão”, falando sobre alguns personagens que estão fortes no meta e a paiN não usou.

“Os times bons tudo pegam Nocturne no blind e ainda ganha o jogo. Lee Sin mano, Lee no top, no mid, suporte, e nós não pegamos nenhuma vez no camp”, comentou Baiano.

Você pode assistir o clipe inteiro aqui. Confira a cobertura completa do MSI 2021 aqui no Mais Esports.