- Publicidade -

Na tarde de hoje, Luis “Peacemaker” Tadeu, o primeiro brasileiro a treinar uma equipe norte americana, anunciou sua saída do posto de treinador da Team Liquid. O anúncio foi feito pelo twitter pessoal do Luis (@@peacemakercsgo), e logo após, a Liquid publicou uma nota em sua página oficial do facebook. Ainda por twitter, Luis fez questão de deixar claro que essa decisão foi tomada entre ele e a organização, sem a influência dos players.

Confira trecho traduzido da nota publicada pela Team Liquid:

“Apesar da nossa trajetória competitiva de sucesso, nos vimos diante de vários desafios. Com o passar do último meio ano, encontramos diversas diferenças nos princípios filosóficos do modo de fazer negócio, então percebemos que nossa relação não funcionaria mais de uma forma produtiva para ambas as partes.”

Foram 5 meses e 5 dias de trabalho desde que o Luis anunciou que seria o novo coach da Team Liquid (confira entrevista concedida ao Mais e-Sports). Durante esse tempo, o melhor resultado da equipe norte americana em competições internacionais foi o segundo lugar na ESL One: Cologne 2016, que aconteceu em Julho, em Nova York. Na ocasião, a Team Liquid surpreendeu ao vencer o time da Fnatic por 2 a 0 na semifinal.

Apesar de não ter conquistado nenhum título, o trabalho do treinador foi elogiado pela Team Liquid e a manifestação de carinho por parte de nomes importantes do cenário mundial de CS não demorou a aparecer. Por twitter, nomes como: Fallen,Tabsen, FuglY, Damian e Dead enviaram mensagens motivacionais ao Luis.

Confira todos os resultados da Team Liquid tendo Luis “Peacemaker” como coach:

COLOCAÇÃO COMPETIÇÃO PRÊMIO
17º-22º ELEAGUE Season 1 $30,000
5º – 6º Esports Championship Series Season 1 – Finals $65,000
ESL One: Cologne 2016 $150,000
CyberPowerPC Summer 2016 Pro Series $3,000
5º – 8º ELEAGUE Season 2 – NA Preliminary Rounds Vaga em competição
3º – 4º ESL One: New York 2016 $25,000
ESL Pro League Season 4 – North America $0

Com a saída de Peace, o manager da Liquid Steve “Joka” Perino deve assumir o comando técnico da equipe temporariamente.