R6: “Esperamos um jogo difícil”, diz Twister sobre estreia da FURIA no qualify ao Six Invitational

Rainbow Six
De:Bruno Martins-
January 6, 2021

Na próxima quinta-feira (7) começa o qualificatório da América Latina à disputa do Six Invitational, o principal campeonato do Rainbow Six mundial. Dois brasileiros estão na briga por uma vaga, INTZ e FURIA. Treinador da FURIA, Twister falou ao Mais Esports sobre a preparação e estreia da equipe na competição; confira.

Uma competição muito próximo do retorno de férias pode fazer com que a equipe não desempenhe um bom Rainbow Six pela falta de ritmo de jogo da equipe. Twister, treinador da FURIA, já não acha isso. Para ele, o recesso mais ajudou do que atrapalhou.

furia
Twister é treinador da FURIA e acredita em uma estreia difícil contra a INTZ. Foto: Reprodução/FURIA
Continue após a publicidade

“Acredito que as férias vieram pra agregar. O time vinha de uma temporada estressante e sem parar desde a preparação à Challenger League em fevereiro de 2020, então foi decidido que um descanso seria mais beneficente do que continuar com as rotinas de treinos”, disse ao Mais Esports.

O desempenho da FURIA, segundo Twister, não será afetado pela pausa de fim de ano. Para o treinador, o ritmo de treino intenso de 2020 irá suprir o tempo parado para as festas de Natal e Ano Novo. “Por termos treinado bastante durante todo o ano e principalmente agora próximo ao fim essa diferença não vai ser tão grande”, falou.

No meio de quatro equipes estrangeiras, a FURIA enfrentará a INTZ em um clássico brasileiro na estreia. “Sempre esperamos um grande e difícil jogo contra eles [INTZ]. Por temos nos enfrentado várias vezes, a INTZ é um time que nos conhecem muito bem e devido a derrota recente com certeza vão vir com sangue no olho querendo inovar. Ainda sim nos preparamos da melhor forma possível pra conseguir sair com o resultado positivo”, contou.

FURIA
Equipe da FURIA estreia contra a INTZ. Foto: Reprodução/FURIA

Veja também: LoL: Riot define equipe de casting para o CBLoL/Academy 2021 com Ravena e Colosimus