- Publicidade -

O sonho do bicampeonato de um major segue vivo para Fallen, fer, fnx, coldzera e Taco. Desta vez defendendo a SK Gaming, os jogadores garantiram vaga nas semifinais da ESL One Cologne ao vencer a FlipSid3 por 2 mapas a 0 na manhã desta sexta-feira (8). Agora os brasileiros terão pela frente os experientes poloneses da Virtus.Pro que eliminaram a Astralis para garantir seu lugar entre as quatro melhores equipes da competição.

Confira um resumo dos dois mapas vencidos pela SK Gaming:

Mirage – SK Gaming 16-7 Flipsid3

No mapa em que os brasileiros são mais conhecidos pela sua superioridade, o primeiro half fez jus à fama. Com um forte começo em cima da Flipside, a SK Gaming mesmo em desvantagem numérica sempre conseguia terminar os rounds na frente, levando pontos a seu favor. Contando com um round em que Epitacio ‘TACO’ Pessoa conseguiu um 4k estando em desvantagem junto com Gabriel ‘FalleN’ Toledo, enfrentando a Flipside em um round praticamente 2v4. O primeiro half terminou em 12-3 a favor dos brasileiros.

O segundo half começou com Lincoln ‘fnx’ Lau pegando quatro kills no pistol, ganhando o primeiro round para a SK Gaming, mas logo perdendo o seguinte para a Flipside, que encaixou alguns headshots de deagle. Alguns rounds a frente aconteceu algo curioso em que Oleksandr ‘Shara’ Hordieiev ficou girando a mira na base enquanto a Flipside tentou conquistar o bombsite B. Sem sucesso, a Flipside perdeu o round sem pedir pausa técnica ou dar qualquer informação. Com esse round, a SK Gaming conseguiu recuperar o ritmo e em 2 rounds seguintes fechou o mapa em 16-7.

Nuke – SK Gaming 19 – 17 Flipsid3

Com a Nuke aparecendo pela primeira vez no campeonato (escolhida pela Flipside) ninguém sabia o que esperar dos dois times. A Flipside começou mais forte fazendo 6 rounds enquanto a SK tinha apenas 1 a seu favor. Mas aparentemente os brasileiros conseguiram adaptar seu jogo, e assim que se acertaram, a Flipside não conseguia voltar a fazer rounds, com isso o primeiro half terminou 9-6.

Ganhando o pistol no segundo half, a SK construiu a vantagem de mais 3 rounds antes de perder o armado para a Flipside, que acumulou alguns rounds e até presenciou Andrey ‘B1ad3’ Gorodensky fazer uma boa jogada para seu time utilizando uma espingarda.

Alguns rounds mais tarde, a SK ao fazer 14 rounds foi parada pela Flipside (14-13), resultando em um round forçado da equipe brasileira, que perde, ficando 14-14. Invés de fazer um round econômico para comprar bem no próximo e tentar um overtime, a equipe brasileira vai com um round forçado com pouco equipamento, mas consegue conquistar o round, pegando o matchpoint. Mesmo assim, em um último round com uma situação de 2v2, a SK Gaming não consegue fechar a partida, que vai para a prorrogação.

Sendo mais agressiva na prorrogação, a SK conquista os dois primeiros rounds rapidamente, forçando um terceiro round com pouca economia para a Flipside, que mesmo assim quase consegue  contestar, apenas perdendo no final para um clutch 1v2 de Marcelo ‘coldzera’ David (18-15). No segundo half (18-17) aconteceu praticamente a mesma coisa na situação contrária, mas no último round em que a Flipside poderia empatar e forçar outra prorrogação, a SK mesmo com pouca economia conseguiu parar a Flipside e avançar para a semifinal.

O confronto entre SK Gaming e Virtus.pro será disputado neste sábado (9) a partir das 10h (horário de Brasília). Você pode encontrar tudo sobre as semifinais da ESL One Cologne na página de coberturas do Mais e-Sports.

Autor: Marcus Dias