Valorant: Vorax Fusion é desclassificada do First Strike devido casos de COVID-19

Valorant
De:Victor Hugo Porto-
December 3, 2020

A Vorax Fusion não disputará o First Strike no Brasil. A equipe foi retirada do torneio por conta de jogadores que testaram positivo para o COVID-19 e, assim, se tornam inelegíveis para atuar no evento presencial.

O anúncio foi realizado tanto nas redes sociais da Vorax quanto no perfil da Riot Games Brasil. De acordo com a organização, dragonite foi o primeiro jogador a testar positivo para a doença e passou a ficar isolado.

Já nessa terça-feira (1°), fzkk também foi diagnosticado com o COVID-19, mas disse que acordou “com rinite no dia do exame e deu positivo. Não sinto nada e só quero jogar o presencial”, declarou. Porém, a equipe também viu delevingne testar positivo ao vírus, o que resultou na desclassificação do time.

“A organização do evento entende que o diagnóstico positivo de outro jogador diferente do elenco no exame em questão, já tendo recebido um diagnóstico negativo anteriormente, representa um risco maior para a presença do restante do grupo no estúdio. A Riot Games entrou em contato com a Vorax Fusion, que compreendeu e respeitou a decisão da empresa, de maneira a manter a segurança de todos os envolvidos”, disse a Riot em nota publicada.

Com isso, a Havan Liberty – que enfrentaria a Vorax Fusion no confronto inicial do First Strike -, já está classificada à semifinal da competição.

Vorax Fusion
Vorax Fusion foi eliminada do First Strike devido casos de COVID-19 (Imagem: Reprodução)

Compartilhe!