×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Worlds 2023: Tinowns fala em LOUD mais preparada para o mundial

League of Legends

A LOUD começou bem o Worlds 2023 e venceu a Marines (GAM) por 2-0, avançando na chave superior da Fase de Entrada. Após a vitória, tinowns falou sobre a como a equipe está mais “madura” neste mundial, comentou o plano de jogo contra o time do Vietnã e mais!

Assista à entrevista completa logo abaixo ou, se preferir, leia a transcrição depois do vídeo.

Tinowns fala sobre a sinergia do time para esse mundial de LoL

Jogamos bem como um grupo em si no palco e não tem nada a ver com o adversário, foi super tranquilo e sabíamos o que queríamos fazer na hora certa. Fizemos as coisas juntos e estávamos muito confiantes para essa série.

Como foi a mentalidade para vencer o segundo jogo contra a Marines

Sabíamos da nossa condição de vitória e, desde o começo, também sabíamos que seria um pouco mais complicado no início do jogo por conta dos picks deles. Eles tinham Renekton, Lee Sin, são campeões fortes para skirmish e querem procurar muitas lutas, então a gente acabou decidindo “givar” essa parte do jogo para poder pegar mais itens, porque sabíamos que a nossa composição rodava muito bem com os cinco juntos. Tínhamos uma linha de frente, zoning com a Orianna, e eles tinham que entrar na Xayah, pois não tinham muita “range”.

Queríamos jogar nesse estilo, mas quando chegou ali nos dois ou três itens, demos alguns moles, eram algumas lutas que não podíamos ter perdido. Depois do primeiro Barão nós simplesmente seguramos um pouco o jogo, sabíamos o poder da nossa composição e jogamos em torno da condição de vitória. O Robo deu um pickoff muito importante no bot, e depois daquilo ficamos confortáveis no jogo. Esperamos os flashs dos nossos carrys, pegamos ítens, e nisso a nossa composição era melhor no mid e late game.

Tinowns fala sobre scrims da LOUD contra times de alto nível

Estamos treinando contra times top da LCK, LEC e LCS. Não vou falar os times por enquanto, mas são treinos bem desafiadores para a gente. Nos últimos três splits que fomos campeões, não tivemos muitos desafios no Brasil, principalmente na Fase de Rotas, os jogadores daqui jogam de uma forma bem agressiva, contestam muito o jogo, é uma forma muito diferente do Brasil. Essa parte já viemos preparados por termos jogado o MSI no split passado e conseguido bons treinos, e dessa vez estamos mais antenados no Draft, prioridades, picks fortes. Os treinos deram uma certa confiança para entrarmos no palco mais preparados dessa vez.

LOUD não queria entrar na “loucura” da Marines

O que estávamos mais ligados nesse jogo era em não entrar nessa “loucura” que a Marines tem, de procurar muitas lutas. Queríamos um jogo mais controlado. Sabíamos que o top deles era bem forte, mas no primeiro jogo a nossa bot lane criou muita vantagem e isso ajudou bastante. No segundo jogo deu uma complicada, mas sabíamos a nossa condição de vitória, e eles não conseguiram avançar tanto após pegar o primeiro Barão. Entramos e fizemos o que esperávamos.

tinowns fala sobre a diferença da LOUD do MSI 2023 para a LOUD do Worlds 2023

Desde o começo no bootcamp já estávamos mais preparados e cientes do que esperávamos encontrar por aqui. Como já comentei, no Brasil não fomos muito desafiados nos últimos splits. Viemos mais conscientes nos treinos em si. Sabemos o que está acontecendo no meta, como os times estão jogando, então essa é a grande mudança, estar mais por dentro do que está acontecendo e tentar jogar de uma forma mais agressiva as lanes, pois o pessoal pune bastante aqui. Entramos mais confortáveis no palco agora devido aos treinos e contato com as regiões Major.

Durante a série contra a GAM, o ADC Route, da LOUD, fez um Pentakill, o primeiro do Brasil na história dos MSIs e Mundiais. A comunidade foi À loucura na repercussão da vitória da LOUD, enquanto Ceos comentou que deseja revanche contra o PSG Talon, próximo adversário da LOUD.

Quando a LOUD volta a jogar no Worlds 2023?

próximo jogo da LOUD será contra o PSG Talon na quinta-feira (12) às 4h da manhã.

Acompanhe a cobertura completa do Worlds 2023 com calendário dos jogos, horários, tabela, estatísticas, formato, times e outras informações aqui no Mais Esports!

Imagem da LOUD após vitória contra a GAM no Worlds 2023, o mundial de LoL
(Imagem: Divulgação/LoL Esports)
Bruno Rodrigues

por Bruno Rodrigues

Publicado em 10 de outubro de 2023 • Editado há 8 meses

Matérias Relacionadas
League of Legends
CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA
League of Legends

CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA

Em entrevista exlcusiva ao Mais Esports, o General Manager da FURIA, Maestro, contou mais sobre os testes do brTT na organização. Acessa!

Há 19 horas
League of Legends
CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager
League of Legends

CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager

Maestro contou com exclusividade ao Mais Esports sobre os desafios e o processo de se tornar General Manager dentro da FURIA. Acessa!

Há 19 horas
League of Legends
LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão
League of Legends

LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão

O Pantheon passou por mudanças significativas que prometem aumentar sua versatilidade no League of Legends. Veja mais detalhes.

Há 1 dia
League of Legends
Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia
League of Legends

Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia

Confira a resposta LoLdle hoje, dia 27 de maio. O mini-game de LoL traz diversos desafios de adivinhação do League of Legends.

Há 2 dias
League of Legends
Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split
League of Legends

Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split

E o segundo título seguido da paiN Gaming na Ignis Cup, e os dois foram em cima do mesmo time! Veja mais.

Há 3 dias
League of Legends
CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ
League of Legends

CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ

A INTZ seguiria sob uma nova direção a parir do segundo split do CBLOL 2024: Lucas Simon, co fundador da organização, deixou o cargo de CEO.

Há 3 dias

















































Campeonatos Atuais