×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Activision Blizzard é processada em caso de suicídio de diretora

Geral

A Activision Blizzard está sendo processada pela família de uma ex-diretora da empresa que tirou a sua própria vida em 2017. Segundo as alegações da família de Kerri Moynihan, de 32 anos, a cultura de assédio sexual foi determinante para que a jovem norte-americana cometesse o suicídio.

O caso foi reportado pelo jornal The Washington Post no último dia 4 de março. Kerri foi encontrada morta em um retiro da própria empresa em um hotel de Anaheim em 2017, mas seu caso já havia sido referenciado em um processo pelo Departamento de Emprego Justo da Califórnia datado do mês de julho de 2021 — justamente quando os primeiros casos de abuso sexual foram lançados judicialmente contra a empresa.

Activision Blizzard processada

Segundo o primeiro processo, também obtido pelo jornal, funcionários passaram fotos das partes íntimas da diretora em uma festa de Natal. Por lá, eles também citam que um “supervisor” estava levando “brinquedos sexuais” para uma viagem da própria empresa. Na época, a Activision Blizzard citou que as alegações eram “distorcidas, muitas vezes falsas”.

No processo aberto pelos pais da vítima, eles citam que o supervisor da filha, Greg Restituito, mentiu para os investigadores da polícia e tentou esconder provas do seu relacionamento com Kerri. A Activision Blizzard também se recusou a entregar o notebook pertencente a ex-diretora, bem como não entregou acesso para o celular ou os equipamentos de Greg.

Segundo o seu perfil no LinkedIn, Greg Restituito trabalhou na empresa até maio de 2017, um mês depois da morte da diretora. No processo também é citado que, no quarto da vítima durante o retiro da empresa, a polícia encontrou a chave de acesso para o quarto do supervisor e que o representante da empresa teria mentido do motivo que Kerri estava com a chave consigo.

Por esses motivos, a família da ex-diretora está processando a Activision Blizzard por homicídio culposo, citando que a cultura de assédio sexual foi determinante para que Kerri Moynihan tirasse a sua vida e que nenhum outro representante da empresa tomou medidas corretivas contra o comportamento abusivo de Greg.

Activision Blizzard

Em janeiro deste ano, a Microsoft comprou a Activision Blizzard por um valor de R$ 375 bilhões.

Maximilian Rox

por Maximilian Rox

Publicado em 09 de março de 2022 • Editado há 2 anos

Matérias Relacionadas
Geral
Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?
Geral

Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?

Qual é o esport com a maior premiação possível no ano de 2024? Confira na matéria o top-10 modalidades que mais pagam!

Há 8 dias
Geral
Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports
Geral

Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports

A Copa do Mundo de Esports além de ter data e modalidades confirmadas, agora foi divulgada como vai funcionar a participação das equipes. Acessa!

Há 10 dias
Geral
Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom
Geral

Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom

Você já se imaginou ficando milionário em menos de quatro minutos? Pois bem, na última semana um brasileiro conseguiu esse feito na Betboom!

Há 19 dias
Geral
CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita
Geral

CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita

CEO da FURIA, André Akkari falou sobre a organização estar entre 30 equipes que receberão dinheiro de um investimento da Arábia Saudita.

Há 22 dias
Geral
FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita
Geral

FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita

A fundação da Copa do Mundo anunciou um fundo de investimento em 30 organizações de esports, e a FURIA e LOUD são as representantes brasileiras nessa lista. 

Há 23 dias
Geral
Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games
Geral

Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta sexta-feira (3) o Marco Legal dos Games à indústria de jogos eletrônicos no Brasil.

Há 25 dias

















































Campeonatos Atuais