×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Após polêmicas, Ocelote deixa o cargo de CEO da G2

Geral

Carlos Rodriguez, mais conhecido pelos fãs como Ocelote, surpreendeu a todos no fim da tarde desta sexta-feira (23) ao anunciar que está deixando o cargo de CEO da G2, organização que ele fundou há oito anos.

A notícia vem logo depois do empresário se envolver em uma polêmica que pode ter tirado a G2 do sistema de franquias do VALORANT. Ocelote publicou um vídeo em que festeja com o criador de conteúdo Andrew Tate, acusado de falas misóginas, homofóbicas e racistas. Também há acusações de tráfico humano, estupro e cárcere privado.

Atualmente a G2 tem times de Apex, League of Legends masculino e feminino, CS:GO, Rainbow Six, VALORANT masculino e feminino, Rocket League, Fortnite, Sim Racing e Halo Infinite.

Despedida de Carlos da G2

LoL Ocelote
Foto: Reprodução/Twitter (CarlosR)

Em uma carta ao público, a G2 comunicou que foi informada e aceitou a decisão de Ocelote nesta sexta-feira. A carta ainda ressalta que a organização não aceita nenhum tipo de misoginia e que está empenhada em criar uma comunidade inclusiva.

Estamos totalmente comprometidos em continuar o legado da G2 e nos sentimos capazes graças a paixão e comprometimento da G2ARMY (fãs da G2)

Em vídeo, Ocelote diz que o seu tempo na G2 chegou ao fim, e que ele espera ser lembrado por todo esse “legado” que criou com a organização. Ele agradeceu aos funcionários, desenvolvedoras, organizadores de torneio e patrocinadores: “vocês foram fantásticos comigo nos últimos anos e nunca vou me esquecer disso”, completou.

Há oito anos eu investi tudo o que eu ganhei como jogador, gastei tempo nisso. Inicialmente era apenas um sonho, mas eventualmente se tornou um grupo de pessoas com as mesmas ambições, cultura e objetivos, e isso é algo que eu sempre vou lembrar e ficar feliz, porque fizemos um bom trabalho. […] Espero que se lembrem de mim pelas coisas boas, espero que essas coisas boas sejam o meu legado e sou muito grato por todos vocês

Ele também falou de toda a polêmica dos últimos dias e assumiu toda a responsabilidade pelo que aconteceu: “me sinto destruído por tudo o que aconteceu, vocês devem saber disso”, completou.

Entenda a polêmica com Ocelote

No último fim de semana, Ocelote publicou um vídeo com o criador de conteúdo Andrew Tate, que está sendo investigado por uma série de crimes, e inclusive está banido das redes sociais por comentários preconceituosos.

O criador é acusado de falas misóginas, homofóbicas e racistas, e inclusive tem acusações de tráfico humano, estupro e cárcere privado. Banido das redes sociais, ele acumulava mais de 11 bilhões de visualizações no TikTok.

O vídeo em questão tinha a legenda era de uma festa que Carlos estava junto a Andrew. Rapidamente a publicação viralizou na internet e várias críticas surgiram para Ocelote, que escreveu em seu Twitter:

Ninguém vai policiar minhas amizades. É aqui que eu traço o limite. Eu comemoro com quem eu quiser – escreveu ocelote no Twitter.

G2 havia afastado Ocelote do cargo de CEO temporariamente

Um dia depois, a G2 publicou um comunicado se desculpando pelo que aconteceu e ressaltou que o tweet de Ocelote vai “contra os valores e cultura que a G2 prega”.

A organização também escreveu que após discussão interna, foi decidido que Carlos ficará afastado da presidência durante oito semanas, e durante esse tempo ele também ficará sem receber salário. A decisão foi tomada pelo conselho da G2 junto ao próprio Carlos.

Desde a nossa criação, trabalhamos duro para criar um ambiente seguro e inclusivo para aproveitarem os esports. Esses são apenas pequenos passos na direção certa que precisamos tomar como empresa. Continuaremos a fazer o nosso melhor a cada dia para melhorar nós mesmos e a indústria como um todo.

Em seu Twitter, Ocelote compartilhou a decisão do conselho e escreveu que a G2 está acima dele e sempre esteve, por isso ele fará “qualquer coisa” para proteger a empresa e seus funcionários.

Antes disso, ele também pediu desculpa aos fãs e disse que “falhou” na forma como se comportou perante a situação, por isso iria aceitar as consequências por completo.

G2 fora das franquias de VALORANT

A G2 acabou ficando de fora do sistema de Franquias do VALORANT. Cotada para pegar uma vaga nas Franquias da América ou EMEA, a organização acabou sendo “retirada de última hora”, conforme afirmam os jornalistas neL e GeorgeGeddes.

De acordo com eles, a Riot fez uma “reunião de emergência” para tomar a decisão, baseada nas polêmicas citadas acima. A desenvolvedora não confirmou a situação.

Bruno Rodrigues

por Bruno Rodrigues

Publicado em 23 de setembro de 2022 • Editado há mais de 1 ano

Matérias Relacionadas
Geral
Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?
Geral

Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?

Qual é o esport com a maior premiação possível no ano de 2024? Confira na matéria o top-10 modalidades que mais pagam!

Há 7 dias
Geral
Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports
Geral

Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports

A Copa do Mundo de Esports além de ter data e modalidades confirmadas, agora foi divulgada como vai funcionar a participação das equipes. Acessa!

Há 9 dias
Geral
Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom
Geral

Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom

Você já se imaginou ficando milionário em menos de quatro minutos? Pois bem, na última semana um brasileiro conseguiu esse feito na Betboom!

Há 18 dias
Geral
CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita
Geral

CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita

CEO da FURIA, André Akkari falou sobre a organização estar entre 30 equipes que receberão dinheiro de um investimento da Arábia Saudita.

Há 21 dias
Geral
FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita
Geral

FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita

A fundação da Copa do Mundo anunciou um fundo de investimento em 30 organizações de esports, e a FURIA e LOUD são as representantes brasileiras nessa lista. 

Há 22 dias
Geral
Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games
Geral

Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta sexta-feira (3) o Marco Legal dos Games à indústria de jogos eletrônicos no Brasil.

Há 24 dias

















































Campeonatos Atuais