×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

CBLOL 2024: “Eu me sinto esperançoso pelo cenário” diz LBR Alocs

League of Legends

Hoje falar da Liberty no CBLOL 2024 é só vitórias, literalmente, mas e como é pra quem está desde o início? Dos tempos de Kalec até hoje, um pilar se manteve: o técnico Alocs. Em exclusiva ao Mais Esports, perguntamos como foi testemunhar esta mudança.

Na foto, o elenco da Liberty 2024
Na foto, os jogadores da Liberty 2024 e o Alocs, um dos coachs da equipe. Foto: Reprodução/CBLOL Flickr

 

Fique Mais próximo

Para aproximar ainda mais a comunidade, gostaria de te contar um pouco mais do tom da entrevista. Pra falar a verdade, isso tudo veio de um áudio, mas eu costumo chamar o Alocs de filósofo.

Toda pergunta pra ele é um mar de contextos, mas não confunda com ser prolixo, o significado desse apelido é que ele leva a pergunta com a devida seriedade.

Não à toa, que uma pergunta rende uma matéria com O Filósofo.

Na foto o áudio que o Alocs, técnico da Liberty, enviou para o Mais Esports
Na foto, o áudio do Alocs para responder à pergunta exclusiva do Mais Esports

Como é ver e participar de todo antes e depois dos processos de evolução da Liberty?

Olha, é uma pergunta complexa, a gente poderia passar um podcast inteiro conversando sobre ela.

Por sinal, fica aqui o convite, hein?

Foi uma evolução bem grande, não veio da noite pro dia e inclusive acho que nós enquanto organização chegamos em um buraco bem profundo e escuro. E foi dali que a gente entendeu que precisava reestruturar tanto em funcionamento quanto ideologia.

Então o nosso CEO, o Samuel, que veio do tênis e já tinha muitas ideias do esporte tradicional, ele sentia que faltava uma maturidade do cenário em geral e eu ele conversamos diversas vezes de como poderia melhorar. Só que no início do ano a gente estava no escuro mesmo, e a gente não conseguia enxergar como desenvolver.

Então a gente trabalhou bastante, sobretudo do lado da gerência, pra desenvolver as ideologias e processos. E eu sempre me senti escutado por eles, sabe? Então sempre opinei como desenvolver e me senti parte desse processo todo. E aí demos passos pra frente. Conseguimos enxergar o caminho, não estava mais tão escuro.

Alocs conta sobre a saída da Liberty do “buraco”

A partir do momento que a gente teve a luz, não é que acabou, na verdade, só conseguimos enxergar que o caminho é longo, só começamos a andar. Eu fico feliz, desde o início da minha carreira eu sinto que estamos desvendando esse mundo novo dos esports. Eu, por exemplo, estou nele há 20 anos, desde o Warcraft, aí fui pro Dota e parei no LoL.

Então é sempre um descobrimento, e ver que agora que estou como treinador e é uma carreira relativamente nova, e também estou fazendo parte de um amadurecimento – indo pra frente como cenário – eu fico bem feliz, trabalhar aqui dentro tem me dado a esperança que o cenário pode ser melhor, mais maduro.

Na foto, o Liberty Alocs em 2023
Alocs como head coach da Liberty em 2023. Foto: Reprodução/CBLOL Flickr

E acho que esse momento do cenário é de amadurecimento, entender que ainda não entendemos tudo do cenário e trabalhar nos processos. Eu só queria dar este background, pra vocês entenderem o que eu sinto.

O que eu realmente sinto é: feliz e esperançoso pelo cenário. Sinto que podemos ter caminhos mais frutíferos, podemos ser pioneros em certos aspectos, não necessariamente na vitória – isso depende de múltiplos fatores – mas eu digo pioneiros no sentido de desenvolver o cenário.

Alocs também conta que o desenvolvimento saudável dos jogadores da Liberty é essencial

Acho que os proplayers tiveram uma rotina muito tóxica, baseada em over-working e a gente pode mudar isso e trazer algo mais produtivo pros jogadores. Esse tipo de trabalho em excesso faz com que a carreira dos jogadores seja mais curta do que deveria, é algo que aconteceu comigo.

Na foto, INTZ Alocs
Alocs como jogador, em 2016, pela INTZ. Foto: Reprodução/CBLOL

Bom, de modo mais conciso: me sinto bem esperançoso pro futuro do cenário.

Finaliza, em áudio, Alocs – um dos pilares técnicos da Liberty.

Na foto, a Ready Room do CBLOL 2024 com a Liberty
Alocs, feliz com seus jogadores, e esperançoso. Foto: Reprodução/CBLOL Flickr
Sérgio Fiorini

por Sérgio Fiorini

Publicado em 07 de março de 2024 • Editado há 3 meses

Matérias Relacionadas
League of Legends
LoL: O que vem no Passe de Batalha e Coleções do Hall of Legends do Faker
League of Legends

LoL: O que vem no Passe de Batalha e Coleções do Hall of Legends do Faker

Neste texto, você confere todos os itens que vem em cada um dos Pacotes de Lenda do Faker, além do Passe de Evento Hall of Legends.

Há 8 horas
League of Legends
LoL: Pacote com skin do Faker custa mais de 1300 reais
League of Legends

LoL: Pacote com skin do Faker custa mais de 1300 reais

A Riot lançou as novas skins do Faker para o Hall of Legends, e os fãs do jogador ficaram malucos pelo alto preço que está sendo cobrado pelos cosméticos.

Há 10 horas
League of Legends
Novas skins do Faker – Hall of Legends: preço, campeões e data de lançamento
League of Legends

Novas skins do Faker – Hall of Legends: preço, campeões e data de lançamento

Veja quais campeões receberão as Novas skins do Faker - Hall of Legends no LoL, bem como a data de lançamento e preço de cada uma delas.

Há 11 horas
League of Legends
LCK 2024: Faker tem recorde positivo contra todos os mid’s atuais
League of Legends

LCK 2024: Faker tem recorde positivo contra todos os mid’s atuais

Faker e domínio dos mid's da LCK é uma pauta que parece antiga, mas ela está se renovando. Apesar de ter um novo desafiante... acessa!

Há 15 horas
League of Legends
CBLOL 2024: “Foi uma decepção interna”, diz FURIA Maestro sobre o primeiro split
League of Legends

CBLOL 2024: “Foi uma decepção interna”, diz FURIA Maestro sobre o primeiro split

Em entrevista exclusiva ao Mais Esports, Maestro contou um pouco mais sobre o seu primeiro split de 2024 na FURIA. Acessa!

Há 16 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA
League of Legends

CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA

Em entrevista exlcusiva ao Mais Esports, o General Manager da FURIA, Maestro, contou mais sobre os testes do brTT na organização. Acessa!

Há 1 dia

















































Campeonatos Atuais