×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Cruzeiro anuncia retorno aos Esports em 5 modalidades e mira retorno ao CBLOL

Geral

Na tarde desta sexta-feira (4), o Cruzeiro anunciou seu retorno ao cenário de Esports, o qual ele estava afastado desde o rompimento da parceria com a E Flix, feita de forma unilateral por parte da empresa, hoje detentora da vaga no CBLOL sob o nome de Netshoes Miners, além de outras modalidades.

O racha ocorreu em março, e três meses depois, a Raposa retorna ao cenário em um formato de parceria diferente do modelo anterior e já confirmando a participação em cinco modalidades: CS:GO (Times masculino e feminino), Valorant, Free Fire, FIFA e PES.

Depois do racha, Cruzeiro volta em novo modelo

Antes em um acordo de licenciamento com a E-Flix, o projeto de Esports do Cruzeiro agora será gerido pelo próprio clube, associado à F7WA Esports. Esta nova empresa, gerida pelo empresário Felipe Carvalho, é detentora de 30% do projeto e será responsável por prestar consultorias, encontrar patrocinadores para a organização e montar um modelo de negócios.

De acordo com o CEO do Cruzeiro Esports, Rodrigo Moreira, o investimento que o clube mineiro fará na sua volta aos Esports é com a intenção de ser plenamente competitivo. “As nossas metas são bem agressivas em relação à nossa participação nessas modalidades. Pretendemos participar da LBFF, por exemplo, da forma mais competitiva possível, não queremos só compor.”

Retorno ao CBLOL

Um dos campeonatos mais importantes que contava com a presença do Cruzeiro é o CBLOL. Apesar de ter participado do 1º split de 2021 como um dos sócios da Riot Games Brasil, tendo adquirido uma das vagas da Franquia, a Raposa acabou fora da competição por causa do rompimento com a E Flix.

Hoje, é a empresa que segue presente na liga, mas com o nome Netshoes Miners. Sobre um possível retorno ao League of Legends, Rodrigo afirma que o clube está de olho no cenário de LoL, e que considera a vaga no CBLOL como sendo do próprio Cruzeiro.

Porém, sem entrar em detalhes, ele conta que a questão está nas mãos do setor jurídico e a melhor forma de prosseguir com isso ainda não foi decidida.

Parceria com outra org do CBLOL é possível

Apesar disso, Rodrigo explica que o Cruzeiro não está fechado ao mercado. Usando como exemplo a parceria entre Vorax e Liberty, que fez a org catarinense voltar ao cenário de LoL, ele diz que o clube mineiro estuda estas possibilidades.

“Ainda não tomamos a decisão, se é melhor irmos atrás de uma parceria ou começar uma equipe do zero. A vantagem do mercado de Esports é ter essa possibilidade aberta e temos que estudar os riscos e ganhos de cada estratégia”, declara o dirigente.

Uma vaga nas Franquias do CBLOL custa a partir de R$ 4 milhões, caso a organização já estivesse presente nos circuitos oficiais de LoL da Riot Games, ou R$ 4.4 milhões para empresas e marcas novas no cenário.

LBFF na mira

Além do League of Legends, o Cruzeiro já estava presente na LBFF, porém, desta vez a organização já confirmou que vai atrás do retorno ao battle royale da Garena. Diferente do campeonato da Riot, a Liga Brasileira de Free Fire não está em um sistema de Franquias, portanto, novas organizações podem chegar à elite sem necessariamente comprar uma vaga, através das promoções feitas dentro das próprias Séries B e C.

Veja também: E-Flix e Netshoes formam a Miners e divulgam line-up para o CBLOL 2021

Vitor Ventura

por Vitor Ventura

Publicado em 04 de junho de 2021 • Editado há quase 3 anos

Matérias Relacionadas
Geral
Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?
Geral

Quais são as 10 maiores premiações nas competições de esports?

Qual é o esport com a maior premiação possível no ano de 2024? Confira na matéria o top-10 modalidades que mais pagam!

Há 3 dias
Geral
Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports
Geral

Entenda como será o requisito de participação da Copa do Mundo de Esports

A Copa do Mundo de Esports além de ter data e modalidades confirmadas, agora foi divulgada como vai funcionar a participação das equipes. Acessa!

Há 5 dias
Geral
Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom
Geral

Brasileiro ganha R$ 1,5 milhão na Betboom

Você já se imaginou ficando milionário em menos de quatro minutos? Pois bem, na última semana um brasileiro conseguiu esse feito na Betboom!

Há 14 dias
Geral
CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita
Geral

CEO da FURIA cita “estereótipo do ocidente” sobre Arábia Saudita

CEO da FURIA, André Akkari falou sobre a organização estar entre 30 equipes que receberão dinheiro de um investimento da Arábia Saudita.

Há 17 dias
Geral
FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita
Geral

FURIA e LOUD receberão investimento de até “seis dígitos” de fundo Saudita

A fundação da Copa do Mundo anunciou um fundo de investimento em 30 organizações de esports, e a FURIA e LOUD são as representantes brasileiras nessa lista. 

Há 18 dias
Geral
Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games
Geral

Presidente Lula sanciona Marco Legal dos Games

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta sexta-feira (3) o Marco Legal dos Games à indústria de jogos eletrônicos no Brasil.

Há 20 dias

















































Campeonatos Atuais