Riot não está fazendo um MMO. “O custo poderia passar de 100 milhões já de cara”, diz Merrill

Geral
De:Bruno Rodrigues-
December 21, 2019

Em 2019 a Riot Games comemorou 10 anos de seu lançamento e com isso a empresa fez vários lançamentos especiais, entre esses vários jogos do universo de League of Legends. A empresa anunciou projetos de vários títulos, entre eles FPS, jogo de luta, jogos de cartas, versão mobile de títulos já lançados e, recentemente, um jogo single player de plataforma e outro RPG. Apesar dos vários lançamentos, um pedido antigo dos fãs ainda pairava sobre os desenvolvedores: um jogo MMO!

Durante o especial de 10 anos, um jogo com codinome “Projeto F” apareceu no vídeo e chamou a atenção da comunidade, que começou a achar que esse poderia ser a versão MMO que a empresa estaria criando. O projeto não foi comentado em vídeo e teve poucos segundos entre os vários títulos que estavam sendo mostrados.

Project F
Em 1:10:42, um jogo que tinha o Blitz como protagonista chamou a atenção dos fãs. Foto: Riot Games

Um funcionário da Riot Games já havia comentado este ano que a empresa não estava desenvolvendo um MMO, mas para acabar de vez com a esperança dos fãs, Marc Merrill, um dos fundadores da empresa, novamente reforçou a ideia de que nenhum título do gênero está sendo produzido. Em uma entrevista ao jornalista norte-americano Travis Gaffort.

“Nós não faríamos esse tipo de coisa [criar um MMO] fora de casa. Esse tipo de coisa, a fim de fazer justiça, exige as melhores equipes do mundo, e isso provavelmente nem existe com desenvolvedores terceirizados”, comentou Merrill. Ele também disse que criar um jogo do gênero seria tão difícil quando “lançar um foguete” e que logo de cara os custos poderiam chegar a 100 milhões, para que o jogo realmente ficasse ao nível dos principais títulos do mercado.

“Achamos legal para os jogadores dizer ‘Riot, por favor, faça um X’, porque não … eu adoraria fazer um MMO, mas apenas para gerenciar as expectativas, se fizéssemos algo assim, não seria em breve. Essas coisas são incrivelmente difíceis de fazer e quem já construiu um MMO merece uma medalha. É como enviar um foguete, é muito trabalho, é tão difícil de fazer e nós realmente tentaríamos fazer justiça, e isso não é fácil”, finalizou Merril.

Você pode conferir a entrevista completa (em inglês) com Merrill logo abaixo.

Veja também: SKT e Gen.G dividem custos para KesPa Cup ter transmissão em inglês