Worlds 2021: “Ainda acreditamos que podemos vencer qualquer equipe”, diz GM da Fnatic

League of Legends
De:Vitor Ventura-
October 11, 2021

A Fnatic fez sua estreia no Worlds 2021 nesta segunda-feira (11) contra a Hanwha Life, mas acabou derrotada pela equipe coreana. Apesar da partida ter começado bem para os europeus, logo a HLE tomou as rédeas e venceu o jogo com uma vantagem de ouro superior a dez mil.

Poucos dias antes da partida, porém, a organização anunciou que não disputaria o Mundial com seu atirador titular, Upset, que teve que voltar para casa às pressas por conta de um problema familiar. Por isso, Bean foi escalado em seu lugar.

Continue após a publicidade
Upset, atirador da Fnatic, não poderá jogar o Worlds 2021
Upset, atirador da Fnatic, não poderá jogar o Worlds 2021

Fnatic crê em classificação, mesmo com desfalque

O General Manager da Fnatic, Javier Zafra, concedeu uma coletiva de imprensa logo depois da partida, onde falou mais da entrada do novo jogador e as pretensões da organização no Worlds 2021, agora sem seu Atirador titular.

Ainda acreditamos que podemos vencer qualquer uma das três equipes do nosso grupo. Estamos prontos para vencer contra todas, mesmo não sendo um grupo fácil e as circunstâncias não ajudaram para isso, temos um desafio à nossa frente e o tempo é curto, mas acredito no grupo, nos jogadores e treinadores.

Javier declarou ainda que os objetivos da Fnatic no Worlds 2021 não diminuíram com a mudança de última hora. Ele afirma que a organização busca performar da melhor forma possível, “como sempre foi quando encaramos esse tipo de torneio. Sabemos que o nível é muito alto e desafios como este dificultam ainda mais, porém precisamos focar em evoluir nesta semana e vencer o bastante para chegar aos playoffs.”

A saída de Upset pegou não só a comunidade, mas a própria Fnatic de surpresa. O Manager da organização falou sobre como a organização reagiu e a entrada do suplente, Bean.

Foi tudo em um período muito curto, claro que não tivemos muito tempo para nos prepararmos, sendo uma circunstância tão inesperada. O Bean é um jogador especial e ele estava pronto para atuar, caso fosse necessário. Como falei, é uma circunstância inesperada e não tivemos tempo o bastante para arrumarmos tudo, até acredito que sofremos bastante com isso hoje, mas confio que vamos evoluir com o tempo.

Bean chega após atuação pela Fnatic Rising

Bean atuava pela Fnatic Rising, equipe secundária da organização que disputa as divisões inferiores na Europa, como o EU Masters. Javier conta que a line principal da FNC, às vezes, treinava com a equipe Rising, mas sem uma rotina de treinos. Porém, ainda de acordo com o GM, Bean era um caso especial por ele estar mais próximo ao time principal.

“Durante muito tempo, ele fez parte dos nossos treinos, não necessariamente como jogador, mas ele estava presente nas nossas preparações para os playoffs da LEC. Ele está conosco desde o começo e é bem próximo ao time, o que torna a mudança menos radical”, revela Javier.

Upset ainda pode jogar o Worlds 2021?

Quando questionado sobre a possibilidade de Upset voltar para os últimos jogos da Fase de Grupos, o GM da Fnatic se mostrou pessimista. Ele diz que, por conta das “políticas do torneio”, é bastante improvável que o jogador possa atuar ainda no Group Stage do Worlds 2021. Caso a Fnatic avance aos playoffs, isso fica mais possível, “mas não é algo que podemos antecipar.”

Fnatic Worlds 2021 Dia 1
Fnatic estreou com derrota para a Hanwha Life no Worlds 2021 (Foto: Riot Games)

Apesar da derrota para a HLE, nesta terça-feira (12), a Fnatic terá mais uma chance de conquistar sua primeira vitória no Worlds 2021, no confronto com a Royal Never Give-up (RNG), da China.

Você confere a cobertura completa do Mundial aqui no Mais Esports.

Veja também: T1 “estudou muito” Yuumi para o Mundial, diz Canna

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!