CBLOL 2021: “Minha confiança, naquele momento, foi pro c******”, admite brTT

League of Legends
De:Vitor Ventura-
June 4, 2021

Depois que voltou da Islândia, brTT declarou diversas vezes que seu desempenho no MSI 2021 foi abaixo do esperado. Em coletiva de imprensa realizada na última quarta-feira (2), o Mais Esports questionou o jogador se, em alguma conversa com a psicóloga Luciana, ou numa autorreflexão, ele já havia descoberto o motivo para sua baixa performance.

Abalo inédito

Continue após a publicidade

Em resposta sincera, brTT admite que algo aconteceu, que jamais havia lhe ocorrido em todos esses anos de carreira profissional: “Eu parei para refletir sobre isso muitas vezes, muitas mesmo, e sei o que aconteceu. Eu senti a pressão.”

Isso é algo que nunca aconteceu comigo, real, de sentir a pressão e eu perdi muita confiança, principalmente depois do Lv.1 do primeiro jogo, quando simplesmente morremos e parece que minha confiança, naquele momento, foi pro c******. Para mim é até complicado falar isso, eu sempre fui um cara que nunca teve problema com confiança, ou sentir algum tipo de pressão… Não sei se é por conta do momento que passo na minha vida, na carreira, a minha idade, pressão do ano em si, ter ficado realmente mal algumas vezes por conta de pressão. Não tenho vergonha de vir e falar isso, porque é o que aconteceu, principalmente nos dois primeiros jogos, onde me afetou mais, pois eu estava com um campeão que depende muito da sua confiança (Tristana), é um campeão que tem que jogar para cima, se você não está confiante na hora de pular, você vai fazer jogadas muito duvidosas, feias como algumas que eu fiz…

O jogador hexacampeão do CBLOL também falou da sua “blindagem” a comentários negativos de haters na internet e foi lembrado, na coletiva, de uma fala sua após a semifinal do split passado, contra o Flamengo, onde declarou que já esteve no fundo do poço diversas vezes e foi graças ao apoio de amigos próximos e da família que ele conseguiu superar esses momentos ruins.

As estratégias de blindagem

De acordo com brTT, uma das suas estratégias de blindagem é se agarrar a coisas e atividades que trazem bem-estar, além de tentar ignorar comentários negativos. Porém, nem sempre isso dá certo.

“Por mais que eu seja um cara experiente, que já tenha passado por todas as situações possíveis no competitivo, eu me cobro absurdamente. Se eu sei que não estou num bom momento e acabo lendo certas coisas, para você se afundar é muito fácil”, declarou brTT.

paiN brTt - MSI 2021
brTT conta que, pela primeira vez, ele cedeu à pressão durante o MSI 2021 (Foto: Riot Games)

Ele afirma ainda que, neste momento, essa situação está bem difícil por conta justamente do baixo rendimento no MSI 2021. “Eu poderia ter somado muito mais para o meu time, para conquistarmos nossos objetivos… Posso até dizer que é a primeira vez que vou para fora e sei que, eu principalmente, poderia ter feito muito mais para alcançar meu objetivo. Isso foi algo que me deixou muito mal.”

“Eu sei que tenho muita lenha para queimar ainda, o Mundial está vindo aí e é o campeonato mais importante do LoL, então eu tento me blindar de todas as formas possíveis, mas muitas das vezes não tem como… Eu fico muito para baixo, muito mal, porque eu tento lidar com isso sozinho, comigo mesmo”, afirma.

O objetivo de brTT

Apesar das dificuldades, brTT e companhia vão em busca de mais um título de CBLOL para suas carreiras, e claro, para a paiN Gaming. O atirador, inclusive, disse que seu objetivo não só é mais um troféu, mas disputar mais um torneio internacional, desta vez com a exata mesma lineup que disputou o MSI, algo que nunca conseguiu em todos os anos de carreira.

“Nós melhoramos muito como time, no geral, indo para o MSI, então conseguir este feito de ir para o Mundial com o mesmo elenco será uma experiência única. Talvez falte isso na minha carreira, falte isso para eu conseguir alcançar meu objetivo lá fora”, opina.

paiN - CBLOL 2021
paiN tenta seu quarto título de CBLOL no 2º split de 2021 e aposta na maturidade do elenco (Foto: paiN Gaming)

“Nosso time é muito experiente, quase todos já tinham jogado torneios internacionais, e todo mundo se dá muito bem, tanto dentro quanto fora de jogo. Quando há algum problema, quando é para ter uma briga, nós falamos a verdade na cara do outro e resolve na hora, não fica aquela picuinha de falar nas costas, que é a pior coisa que pode ter num time. […] Nós somos um time bem unido, apesar de termos problemas, o que todo time tem, nós resolvemos o mais rápido possível”, conclui brTT.

O 2º split do CBLOL 2021 começa neste sábado (5), a partir das 13h, com a paiN abrindo o torneio contra o Flamengo. No dia seguinte, os atuais campeões enfrentam na Vorax Liberty, reeditando a final do split passado.

Veja também: “Não estávamos lidando bem com a questão de ser influencer”, revela Duds