×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

CBLOL 2024: “Perdemos a nossa identidade desde 2021” diz CEO da INTZ

League of Legends

Lucas Simon, CEO da INTZ, conversou com o Mais Esports e falou sobre o atual momento da organização intrépida, história da organização e também citou uma “perda de identidade” desde que se iniciaram as franquias.

Confira a entrevista completa:

INTZ teve mais mudanças de elenco em três anos do que em toda a sua história antes do último título

A INTZ, apesar da má fase, é pentacampeã e ao longo da montagem de seus elencos eles usavam a metodologia do Moneyball: uma técnica que busca pesquisar e analisar bastante dado para um time trazer jogadores que estão abaixo do seu valor real de mercado e conseguir montar um elenco bom, mesmo com orçamento limitado.

No entanto, para Lucas Simon, a INTZ perdeu essa “identidade” que tinha. O CEO explicou as diversas mudanças de elenco nos últimos splits.

Pensando em um histórico, não é que a gente nunca teve orçamento, né? A gente nunca teve o maior, isso é verdade, mas a gente já teve um segundo maior, teve time valorizado. A gente entrou na franquia com bastante orçamento, não era o maior, de novo, nunca esteve o maior. E uma prova disso é que a gente trouxe a própria Revolta, né? Ele foi um dos maiores salários da liga, um dos maiores salários que a gente já pagou. E indo de forma contrária a uma linha de Moneyball, porque ele não estava em baixa, não foi barato, e teve um valor midiaticamente muito alto também, justamente porque a gente resgatou um pouco da história e do pedido da torcida, e com isso eu sinto que a gente perdeu um pouco a nossa identidade.

O CEO da INTZ conta também que a perda de identidade afetou diretamente o orçamento da organização.

Na foto, Lucas Simon, Ceo da INTZ, em entrevista exclusiva ao Mais Esports
(Foto: Divulgação/Mais Esports)

Perda de identidade da INTZ nos últimos anos

Desde o começo da franquia, a gente perdeu nossa identidade. Foi inclusive por isso que tivemos o plano em 2022 de reestruturação sobre o esportivo, mudando o que eu tinha que focar. Porque eu te montava um time muito com nomes que pediam, ia atrás do estrangeiro, ia trás de alguém que já foi campeão pela INTZ e fazendo investimentos enormes. Inclusive com o próprio Revolta, que não funcionou.

E a gente teve que rescindir contrato CLT, que é um negócio bizarro, basicamente, a gente paga de uma vez o que ele ia receber com o contrato inteiro. Essas coisas diminuíram o orçamento bom que tinha no começo das franquias, hoje ele já é muito pouco, sabe?

O Revolta citou sobre a INTZ de 2021 ter sido um dos maiores choques da carreira dele, confira a entrevista exclusiva com Revolta.

Lucas Simon conta sobre o retorno do Moneyball em 2023

Na foto a entrevista exclusiva do Mais Esports com o Lucas Simon, feita por Bruno "LeeonButcher" Pereira
(Foto: Divulgação/Mais Esports)

A gente retomou o Moneyball em 2003, por exemplo: o Nia nunca jogou profissionalmente, esse foi o maior scout que a gente fez na história. Então assim, a gente pensou que era nisso que a INTZ era diferente, vamos retornar com isso e funcionou. Ficamos muito felizes com a vinda do Damage que foi um suporte top 3, com o Tay que vinha tendo boas atuações nos últimos splits e com a permanência do Yampi, porque como a coaching staff diz, ele é o coração da equipe.

Acompanhe a trajetória da INTZ na cobertura completa do CBLOL 2024 1° split com calendário de jogos, resultados, tabela e outras informações aqui no Mais Esports!

Leia outras partes da entrevista: 

Na foto, a torcida intrépida (INTZ)
Reprodução/CBLOL Flickr
Sérgio Fiorini

por Sérgio Fiorini

Publicado em 22 de fevereiro de 2024 • Editado há 3 meses

Matérias Relacionadas
League of Legends
LoL: O que vem no Passe de Batalha e Coleções do Hall of Legends do Faker
League of Legends

LoL: O que vem no Passe de Batalha e Coleções do Hall of Legends do Faker

Neste texto, você confere todos os itens que vem em cada um dos Pacotes de Lenda do Faker, além do Passe de Evento Hall of Legends.

Há 15 horas
League of Legends
LoL: Pacote com skin do Faker custa mais de 1300 reais
League of Legends

LoL: Pacote com skin do Faker custa mais de 1300 reais

A Riot lançou as novas skins do Faker para o Hall of Legends, e os fãs do jogador ficaram malucos pelo alto preço que está sendo cobrado pelos cosméticos.

Há 17 horas
League of Legends
Novas skins do Faker – Hall of Legends: preço, campeões e data de lançamento
League of Legends

Novas skins do Faker – Hall of Legends: preço, campeões e data de lançamento

Veja quais campeões receberão as Novas skins do Faker - Hall of Legends no LoL, bem como a data de lançamento e preço de cada uma delas.

Há 18 horas
League of Legends
LCK 2024: Faker tem recorde positivo contra todos os mid’s atuais
League of Legends

LCK 2024: Faker tem recorde positivo contra todos os mid’s atuais

Faker e domínio dos mid's da LCK é uma pauta que parece antiga, mas ela está se renovando. Apesar de ter um novo desafiante... acessa!

Há 22 horas
League of Legends
CBLOL 2024: “Foi uma decepção interna”, diz FURIA Maestro sobre o primeiro split
League of Legends

CBLOL 2024: “Foi uma decepção interna”, diz FURIA Maestro sobre o primeiro split

Em entrevista exclusiva ao Mais Esports, Maestro contou um pouco mais sobre o seu primeiro split de 2024 na FURIA. Acessa!

Há 23 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA
League of Legends

CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA

Em entrevista exlcusiva ao Mais Esports, o General Manager da FURIA, Maestro, contou mais sobre os testes do brTT na organização. Acessa!

Há 1 dia

















































Campeonatos Atuais