CS:GO: gio analisa bom desempenho da MIBR: “Fator ‘lua-de-mel’ traz um novo ânimo”

CS:GO
De:Bruno Martins-
November 8, 2020

MIBR fez sua reestreia com atuações convincentes e pegou todos de surpresa. Nem os torcedores mais otimistas esperavam um desempenho como o que a equipe apresentou na BLAST Premier: Fall. Gio, ex-treinador de CS:GO, comentou sobre a volta de kNg e companhia.

mibr
gio foi treinandor profissional e também analista do CS:GO. Foto: Saymon Sampaio/BBL

O hype da volta e bom desempenho da MIBR

Continue após a publicidade

O hype criado antes da estreia contra a Astralis foi gigantesco. Cerca de 180 mil pessoas esperavam a partida que atrasou mais de uma hora. Segundo gio, essa expectativa teve dois lados.

“Acredito que, de início, [o hype] mais pressionou do que ajudou. No segundo momento, depois da boa exibição frente ao Astralis, convenceu a torcida, organização e os próprios jogadores de que era um momento incrível pra se apoiar”, disse.

MIBR
Nova equipe da MIBR. Foto: Reprodução/MIBR

Como já tinha sido dito, o desempenho da MIBR surpreendeu nos três jogos que disputou. A vitória contra a FURIA colocou a equipe em um momento singular com os torcedores, que outrora os criticavam. Para gio, os bons jogos dos brasileiros se deve ao “fator lua-de-mel”.

“O fator “lua-de-mel” é sempre muito forte, porque renova o gás da equipe, traz um novo ânimo e quando existe uma troca, os primeiros dias são sempre de trabalho intenso. Acho que esse é o principal fator pra um desempenho tão alto, tão cedo”, contou.

Porém esse fator descrito por gio não é o único motivo para um bom desempenho. Com isso em mente e após bons jogos, a confiança dos atletas cresce. “Naturalmente, isso ajuda os jogadores a criarem confiança e trabalharem pra evoluir mais rápido nos próximos dias”.

O destaque da volta

Como jogadores mais experientes, kNg e LUCAS1 eram os mais visados por torcedores e imprensa. Além da dupla, trk também estava na mira para ser o destaque por conta de seu entrosamento com o capitão da MIBR.

Para gio, o destaque positivo não foi nenhum desses jogadores. “leo_drk sem dúvida [foi o destaque da MIBR]. Além de excelente entry, foi decisivo e constante o tempo inteiro. Bateu no peito várias vezes para resolver o jogo e conseguiu”, cravou.

leo_drk, em atuação pela Sharks, no Americas Minor. Foto: HLTV

Elenco para 2021

Para conseguir um elenco para disputar a BLAST Premier e também a Flashpoint 2, a MIBR optou por contratar v$m e leo_drk por empréstimo da DETONA e Sharks, respectivamente. Gio deu sua opinião a respeito do movimento que a organização deve seguir na questão do acerto em definitivo com os jogadores.

“Em opinião pessoal, o leo_drk já mostrou que sim e deve tomar a frente na lista de nomes pra temporada 2021 do MIBR. O v$m ainda encontra inconsistência no seu jogo e o ban da Valve acaba nublando nossas visões sobre o assunto”, opinou.

Expectativa de evolução e pé no chão

Não só de um campeonato com um resultado descente se vive uma equipe. A MIBR ainda tem mais um compromisso nessa temporada, a Flashpoint 2. Segundo gio, a equipe tem potencial para evoluir ainda mais.

“Acredito que em dois meses, o período de “lua-de-mel” não é afastado tão cedo e com o hype conquistado no primeiro campeonato, a equipe deve manter ou até subir o nível”, disse gio.

Mas gio prega, assim como cogu, que a equipe mantenha o foco. “Porém, coloco sempre os pés no chão, porque o ânimo excessivo pode também atrapalhar, vai depender muito da comissão técnica e staff”, alertou.

MIBR
LUCAS1, kNg e v$m, jogadores da MIBR. Foto: MIBR/Reprodução

MIBR e o apoio da torcida

Para uma equipe desempenhar bem, o apoio da torcida é fundamental. Após anos de cobrança sem resultados, os adeptos da MIBR voltaram a empurrar a equipe incondicionalmente. Para gio, a importância desse apoio é “gigantesco”.

“Só quem está lá dentro sabe o quanto a torcida do MIBR influencia para o bem e para o mal. Uma torcida que põe 300 mil pessoas em uma live, potencializa redes sociais de jogadores do dia pra noite e marca presença em qualquer horário, independente do fuso da competição, com certeza tem seu valor”, contou.

Com isso a torcida voltou a ter esperança em uma MIBR vencedora e que mesmo que não vença seus jogos, tenha uma performance à altura dos jogadores que possui em seu elenco.

“A torcida sem dúvida nenhuma tem motivos pra sonhar e criar o hype, por ser uma equipe nova, sem tanta bagagem internacional nos nomes recentes (trk, leo_drk e v$m) com resultados muito fortes”, disse.

vsm
v$m, jogador da MIBR. Foto: MIBR

Por fim, gio volta a falar que a equipe tem que manter os pés no chão e trabalhar a cada jogo para evoluir mais. O caster ainda avisa que muita expectativa pode não ajudar a equipe nesse momento. “Muito hype pode atrapalhar as expectativas da torcida de novos sucessos e um possível fracasso na estreia da próxima competição pode trazer mensagens negativas e cobranças desnecessárias no momento”, concluiu.

Veja também: CS:GO: kNg revela que MIBR não terá ban fixo: “Vamos jogar todos os mapas”

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!