×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

E-sports são a febre da vez: Entenda o mercado por traz do fenômeno

Geral

Jogos eletrônicos (E-sports) tiveram pequena queda na pandemia, mas se recuperou em 2021 e tem potencial de crescimento para os próximos anos, inclusive no Brasil

O E-sports chegou para ficar, e o Brasil se tornou uma potência no segmento, inclusive, o crescimento do mercado brasileiro tem atraído investimento estrangeiro, o Odds Scanner por exemplo, é um deles, um portal especializado em ajudar os apostadores.

Os esportes eletrônicos, foram crescendo com o avanço da tecnologia, e o que poderia ser apenas uma forma de entretenimento, hoje é uma profissão, com atletas empenhados diariamente, com rotinas de treinos e preparação para competições e premiações pelo mundo todo. Além disso, a comissão técnica tem papel fundamental para os atletas de alto nível, com treinamentos e estratégias diárias.

Sendo assim, o E-sports ganha mais espaço ano após ano, e um dos pontos positivos é sua variedade. Dessa forma, a modalidade supre os fãs de RPG, jogos de tiro, esportes e muito mais, com um cardápio recheado de opções que agradam a todos os gostos.

Números mostram crescimento da modalidade

O início dos E-sports foi nos meados dos anos 2000, quando o Counter-Strike virou uma febre. Porém, com o passar do tempo e a evolução da tecnologia, os games foram se reinventando e atraindo cada vez mais jogadores, sejam eles amigos se divertindo ou os profissionais em competições pelo mundo.

Imagem ilustrativa do jogo Counter-Strike nos anos 2000
Atualmente chamado CSG:O, o Counter Strike já vem de competições de E-sports há mais de década

A Newzoo, uma empresa especializada no segmento, elaborou um estudo antes da pandemia, em 2019, que mostrava que o E-sports tinha um faturamento de US$ 957,5 milhões. No ano seguinte, em plena pandemia, com queda no número de jogos e competições, a modalidade teve uma queda de apenas 1,1%, mas recuperou em 20221, chegando à marca de US$ 1 bilhão arrecadados. Ainda segundo a empresa, a expectativa é que em 2024 o E-sports atinja a marca de US$ 1,6 bilhões.

Além dos valores financeiros elevados, a audiência também cresce. Em 2019, a final da Copa do Mundo de League of Legends contou com 99,6 milhões de telespectadores. Ao todo, na mesma temporada, foram 450 milhões de pessoas assistindo as competições.

Imagem de um estádio lotado no Worlds, o mundial de League of Legends
Estádio lotado em um mundial de LoL, um dos esports mais famosos da atualidade

O mundo todo já respira E-sports, e no Brasil isso não é diferente. O país ficou em terceiro lugar no ranking de espectadores por países com mais de 21,2 milhões pessoas registradas, perdendo apenas para duas potências, China e Estados Unidos

Outro relatório interessante da empresa Newzoo é o Global E-sports Market Report, que aponta que o futebol ainda é o esporte preferido, com o maior público entre 10 e 24 anos, porém, o E-sports já conta com 43% dos espectadores com essa faixa de idade.

Dessa forma, a tendência é que o esporte eletrônico cresça cada vez mais, atraindo jogadores, espectadores e também os apostadores, que tem mais uma opção de entretenimento para a sua rotina de apostas, com jogos praticamente diários.

Principais jogos de E-sports

Um ponto interessante do E-sports é que existem diversas modalidades, possibilitando que cada perfil usufrua do que mais gostar. Por exemplo, é possível jogar e apostar em futebol, basquete, corridas e muito mais, ou optar por RPG, jogos de tiros, opções que com certeza agradam a todos os perfis. 

Os principais jogos da atualidade são: 

Essa variedade atrai muitos apostadores em esportes virtuais, já que é possível trazer o conhecimento como jogador para as apostas. Cada jogo tem as suas peculiaridades, mas a diversão é certa, e a modalidade tende a crescer cada vez mais, inclusive em solo brasileiro, com diversas equipes recebendo investimento e disputando competições de peso.

Redação Mais Esports

por Redação Mais Esports

Publicado em 08 de fevereiro de 2022 • Editado há mais de 2 anos

Matérias Relacionadas
Geral
CBLOL 2024: brTT e LOS não possuem mais chance de playoffs
Geral

CBLOL 2024: brTT e LOS não possuem mais chance de playoffs

Após o resultado da rodada e mais uma derrota, dessa vez para o Fluxo, as chances da LOS e brTT irem aos Playoffs estão zeradas.

Há 9 dias
Geral
Comitê Olímpico Internacional oficializa Olimpíadas dos Esports na Arábia Saudita
Geral

Comitê Olímpico Internacional oficializa Olimpíadas dos Esports na Arábia Saudita

O Comitê Olímpico Internacional (COI) oficializou que as Olimpíadas de Esports vão acontecer na Arábia Saudita. Confira mais detalhes na matéria!

Há 11 dias
Geral
Riot cancela projeto não anunciado baseado em Super Smash Bros
Geral

Riot cancela projeto não anunciado baseado em Super Smash Bros

A Riot cancelou um projeto baseado no jogo de luta Super Smash Bros. O jogo não havia sido anunciado, entenda o caso na matéria.

Há 13 dias
Geral
LCK 2024: Deft alcança feito que só Faker havia conseguido
Geral

LCK 2024: Deft alcança feito que só Faker havia conseguido

Neste sábado, em partida contra a T1, o Deft alcançou uma marca que até então só Faker, o maior da história, havia conseguido.

Há 24 dias
Geral
LOUD anuncia Coringa como novo sócio da organização
Geral

LOUD anuncia Coringa como novo sócio da organização

A LOUD anunciou na noite desta quinta-feira (27) através das redes sociais, que Coringa se tornou o novo sócio da organização.

Há 25 dias
Geral
Gaules, Coringa e mais brasileiros são finalistas do Esports Awards 2024
Geral

Gaules, Coringa e mais brasileiros são finalistas do Esports Awards 2024

O Esports Awards, premiação internacional de esports, anunciou os primeiros finalistas de algumas categorias presentes no evento.

Há 26 dias

















































Campeonatos Atuais